<data:blog.pageTitle/>

Menu de acesso:















Mãe...


Doce palavra que sai da boca da gente logo nos primórdios de nossa existência. A maior guerreira em defesa de nossos interesses, principalmente de nossa felicidade. Incansável na luta eterna pelo nosso bem maior e, acima de tudo, dedicando a nós filhos um amor incondicional, capaz de vencer o tempo, a distância e até mesmo o fim da vida.

Por mais que tentemos falar deste amor, sempre encontraremos palavras parecidas com as colocadas nos versos da canção Como é grande o meu amor por você, de Roberto Carlos: "Nem mesmo o céu, nem as estrelas, nem mesmo o mar e o infinito. Nada é maior que o meu amor nem mais bonito."

Se nada é possível dizer então, nem vou tentar, mas pelo menos este poema escrito há mais de 50 anos e narrado pelo locutor Paulo Roberto há mais de 40, talvez fale um pouco de todo este amor.

Senão puder falar um pouquinho, um outro que escrevi e narrei em maio de 2000 em homenagem à todas às mães que quase não consegui terminar de emoção consiga um pouquinho...

Enfim, obrigado Deus por colocar seu mais legítimo representante ao nosso lado para nos proteger e conduzir pelo melhor caminho por toda a nossa vida.



 
Poema dedicado a todas as Mães:


Compartilhe com seus amigos:            


Obrigado por sua visita e inclua o Blog do Beto em seus 'Favoritos' para poder voltar sempre